Quem sou eu

Belém/Ribeirão Preto, Brazil
Amazônida jornalista, belemense papa-xibé. Mãe, filha, amiga... Que escreve sobre tudo e todos há décadas. Com lid ou sem lid e que insiste em aprender mais e mais... infinitamente... Até a morte

Aos que me visitam

Sintam-se em casa. Sentem no sofá, no chão ou nessa cadeira aí. Ouçam a música que quiser, comam o que tiver e bebam o que puderem.
Entrem...
Isso aqui está se transformando em um pedaço de mim que divido com cada um de vocês.
Antes de sair me dê um abraço, um afago e me permita um beijo.

Arquivo do blog

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Meu final de semana

A contagem agora é regressiva. Os resultados dos exames já podem até estar prontos (alguns estavam marcados para ontem), mas preferi ir apanhá-los só na segunda-feira, próximo da hora da consulta com o mastologista. Se for pegá-los, vou lê-los e tentar decifrar o que não conseguirei. Verei um diagnóstico provavelmente pior do que realmente é.
Optei por me iludir de que este sábado de aula na Unama, em companhia dos colegas, com risos, brincadeiras e novidades, será normal como qualquer outro. No domingo talvez vá a Mosqueiro. Falei com a minha analista que estava com receio de ir com um sentimento de despedida. Mas quando saberei que estarei me despedindo ? Quem me garantiu que quando fui à última vez eu voltaria ? Ninguém sabe ....
Ontem, ao assistir uma matéria na Tv sobre a morte de um professor por assaltantes adolescentes durante uma forte chuva que caiu em Belém na quarta-feira à tarde, fiquei analisando seu caso e o meu. Há cerca de dois meses estou sentindo-me meio morta, apavorada com as sucessivas descobertas (o nódulo, a primeira cirurgia, o diagnóstico, agora outros exames, nova cirurgia...), mas estou aqui : viva !! cheia de esperanças na cura, rodeada de familiares e amigos, com tantos planos. Ele, que nem pensava nisso, deveria estar cheio de saúde, já nos deixou.
Não quero mergulhar na minha pior patologia : a ansiedade antecipatória. Um diagnóstico antigo da minha analista e que me maltrata muito mais que o problema em si.
Preciso acreditar que meu FUTURO É HOJE !!

6 comentários:

Soraya Pereira disse...

Ruth querida!
Hoje, te deixo um poema de Cecília Meireles.
beijocas,
Soraya Pereira

A Doce Canção

Pus-me a cantar minha pena
com uma palavra tão doce,
de maneira tão serena,
que até Deus pensou que fosse
felicidade - e não pena.

Anjo de lira dourada
debruçaram-se da altura.
Não houve, no chão, criatura
de que eu não fosse invejada,
pela minha voz tão pura.

Acordei a quem dormia,
fiz suspirarem defuntos.
Um arco-íris de alegria
da minha boca se erguia
pondo o sonho e a vida juntos.

O mistério do meu canto
Deus não soube, tú não viste.
Por assim tão docemente
meu mal transformar em verso,
oxalá Deus não o aumente,
para trazer o Universo
de pólo a pólo contente!

Vânia Beatriz disse...

Ruth, minha sempre querida Ruth Rendeiro, de minhas primeiras lembranças no bancão de frente ao pavilhão D da UFPa.
Mais do que tempo estava me faltando coragem pra te escrever, primeiro talvez por não saber o que dizer, mas na verdade , por ter muita coisa a te dizer , e infelizmente há muito eu perdi o meu "esplêndido poder de síntese", que um dia a minha professora Ana maria, de Adm.mercadol´pogica , disse que eu tinha.
Pois bem, outra coisa , que me fez calar, foi que estou traçando uma trajetória parecida, desde agosto, vieram os periódicos da nossa Embrapa, eu comecei a fazê-los em meio a outro grande susto ( um AVC sofrido pelo Airton), o primeiro exame (mamografia) viram alguma coisa a ser + investigada na mama direita, volto ao médico do trabalho ( ele discorda do exame ) e recomenda fazer uma ultra, noutro laboratório, o resultado nada fala da mama direita, mas já recomenda investigar=punção e biopsia na mama direita. Vou ao gineco, e ele me pede uma nova ultra para desempatar , agora resta esperar 15 dias para conseguir uma vaga pra fazer o exame do desempate. Decidi não me afligi por antecipação. Há quase 10 anos, mal tendo chegado em Viçosa para o mestrado, num auto-exame descobri um noduilo na mama direita, na aflição recorri à Biblia , e na página que abri , encontrei a tresposta , que me deu certeza de que era benigno e foi.

Agora no mesmo procedimento, a resposta foi diferente: "Rende ao médico as honras que lhe são devidas, por causa de seus serviços, porque o Senhor o criou.
Pois é do Altíssimo que vem a cura, como um presente que se recebe do rei... (Eclesiastico, 38)

Portanto amiga eu te recomendo , para os momentos de aflição confia na Misericórdia Divina, para os momentos de buscar superação vou te recomendar um filme lindo: Poder , além da vida ( e não é vida pós a morte não , é poder fazer da tua vida HOJE um longo futuro!
beijos
VB

Vânia Beatriz disse...

Errata, a punção e biopsia , foi recomendada para a mama esquerda.

Eliana disse...

Rutinha,
Algumas narrativas que eu pincei de vários momentos sobre a questão prá gente pensar a respeito e tentar...rir junto. Lá vai:
-"Que coisa menina, tu estás me dizendo, só eu tenho 04 amigas nessa situação, a Rô, a SÔnia, a Nazaré e agora a Ruth. Três tiraram um quadrante e uma tirou tudo e pôs implante, todas fizeram quimio e raqui, mas graças a Deus todas estão bem. A Sônia e a Naza não fizeram peruca, mas o cabelo creceu rápido e mais bonito".

Pois é né Rutinha, por certo deves ter a resposta na ponta da língua como qualquer um/a de nós teria o sagrado direito de tê-la:

"Ora, porra, eu lá quero saber de sônia maria, raimunda, a p...q...o p..., como é que essa porra desse caroço foi aparecer logo aqui, no MEU peito?"

Ah, amiga, bem o sabes, não podemos, por mais que tentemos não conseguimos saber as regras antecipada dessa loteria, que tudo leva a crer, ao contrário.
Não sei, não sabes, ninguém o sabe, o amanhã, o teu, o meu, o nosso. Por enquanto todos predizmos uma parte do teu, enfrentar, lutar, brigar e vencer mais essa.

Quanto a nós, que te rodeamos, Rutinha, somos parte direto dessa superação, acompanhando, torcendo, mandando energia e, não te esqueças, enfrentando junto, e aprendendo contigo para quando formos chamados a entrar no combate direto, com o inimigo invisível.

Porque a qualquer momento a vida nos chama para esse embate direto também Rutinha, sem data, hora nem momento certo.

Que tal essa?
"Ora, porra, mas o MEU, O MEU, MEU BEM, EMBATE, É UM CÂNCER, ENTENDEU? UM CÂNCER QUE PODE ME MATAR.E O QUE É PIOR, AOS POUCOS, OU DAQUI A UNS POUCOS DIAS."

A outra dise: "Ah! meu bem, queres que o lá de cima nos obrigue a escolher: morte rápida ou bem devagarinho?"
Mais uma:- Claaaaaro, né seu Deus, bem devagarinho, tipo uns 174 anos.
Outra: É, hein nénem? NEGADO, jamais saberás a tua hora, mas vê o lado bom disso, criatura, o interesante da vida é o segredo que nos reserva a cada instante, a alegria da descoberta, a........

Podes gritar Rutinha, nós deixamos:
" Cheeeeeega! Por hora eu durmo e acordo com a porra (acho melhor parar de xingar o maldito)do caroço no seio".

Outra pérola: "Como, ela ainda consegue dormir? Como ela consegue, ela tem que contar a receita para o mundo, eu, minha filha, passei dezoito noites até poder dormir um pouco melhor, acho que só depois da penúltima quimio é que comecei a me costumar com aquele novo...cotidiano. Que merda!!!
E hoje, não sei como, eu tô aqui, toda felizinha agradecendo a Ele estar viva para contar e poder ter superado tudo aquilo. E haja detalhes, adooooro, poder dizer como foi passo a passo, às vezes meus filhos tem que me lembrar, sabe, tipo dar um basta:
- Pááára, mãe! Não, mãe,não, mostrar a marca da operação ali no banheiro do restaurane? E toda aquela mulharada entrando junto?
- Mostro, digo, repito, um milhão, um bilhão, um trilhão de vezes, ah, meus filhos, só eu sei o que eu passei prá vencer essa porra desse câncer de merda...
- Pára, mãe, pára de xingar, olha que ele se aborrece e retorna...rsrsrs
- É hein? Tipo Batman o retorno? Eu mando fazer uma cópia na China e mato o desgraçado na primeira versão, tá cheiroso?

E por aí vai, querida Rutinha,tomara que toda essa minha lenga lenga tenha prestado para alguma coisa, pelo menos prá te desviar de certos meta-pensamentosterrestrestranscendentais. Quando der mando mais.
Por enquanto façamos o que nos cabe, vamos nessa!!!

Beijos,
Heliana

Eliana disse...

Não, gente, au não tive câncer no seio, o texto de cima eu criei apra essa conversa no blog com a Rutinha.
heliana

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,