Quem sou eu

Belém/Ribeirão Preto, Brazil
Amazônida jornalista, belemense papa-xibé. Mãe, filha, amiga... Que escreve sobre tudo e todos há décadas. Com lid ou sem lid e que insiste em aprender mais e mais... infinitamente... Até a morte

Aos que me visitam

Sintam-se em casa. Sentem no sofá, no chão ou nessa cadeira aí. Ouçam a música que quiser, comam o que tiver e bebam o que puderem.
Entrem...
Isso aqui está se transformando em um pedaço de mim que divido com cada um de vocês.
Antes de sair me dê um abraço, um afago e me permita um beijo.

Arquivo do blog

sábado, 19 de abril de 2008

Viajando na terça

Está quase tudo certo, mas há pendências burocráticas que tenho certeza serão agilizadas se eu estiver lá. Meu tempo termina quinta-feira, dia 24 quando completo três meses de operada. Não dá mais pra adiar. Viajarei na terça-feira, dia 22 para Campinas com a certeza de que começarei a radio na quinta. Belém-Guarulhos-Campinas. Este último trecho de ônibus.
Tento não pensar demais na separação, mas sei que não será fácil. Um de meus maiores receios é deixar os filhos. Eu sou a controladora da família. A que quer saber os horários, onde estão, porque estão demorando, se já almoçaram e o quê...Temo tanto que lhes possa acontecer algo grave. Sei que é de novo a presunção, a arrogância materna. Eles têm o pai próximo, também vigilante, a avó que paparica, a dona Lúcia que cuida da infra. Talvez nem sintam a minha falta.
Preciso ocupar meu tempo até o dia da viagem e também quando chegar lá e torcer para que não tenha muitas seqüelas da radiação. Elas variam de pessoa pra pessoa. Umas sentem-se cansadas, enjoadas, indispostas. Outras apenas sentem um calor no local. Estou rezando para que as minhas sejam as mais leves. De preferência imperceptíveis.
O dia ocupado de hoje me deixou mais à vontade para não cogitar a saudade. Cedinho na praça Batista Campos no balanço e escorrega bunda com o Leonardo. Sempre bem humorado, engraçado, inteligente. Depois o Ver-o-Peso para comprar pescada amarela e tainha ovada. A tainha para ser degustada amanhã junto com a família do Rulton e a pescada para abastecer o freezer da família em minha ausência. Uma lista especial para o Ruy, Dóris e Ana Júlia inclui pimenta, farinha, pupunha...
Daqui a pouco o encontro tão esperado com a minha orientadora, a professora Ivana. Estou apreensiva. Vou fazer uma proposta que espere ela acate, embora considere muito difícil. Veremos...
Tenho dúvidas sobre o que considerar prioritário na mala. Sei que está frio e deverá ficar mais ainda. Como ficarei em um flat acredito que também deveria levar algumas coisinhas domésticas. Já arrumei a mala umas 20 vezes !
Passagem na mão, muita esperança e algumas lágrimas e mãos à obra. Preciso acreditar que eu tinha que viver esse momento. Estava escrito nas estrelas. Um teste de resistência, de amadurecimento, de provação. Não quero ficar triste demais, saudosa demais, nem sentir piedade de mim.
Tenho que me alimentar da certeza de que sou uma privilegiada, uma guerreira, uma sobrevivente. Descobri o câncer cedo, tenho grandes chances de ficar curada e posso pegar um avião e deixar pra trás esse caos que é a saúde em minha cidade.
Ainda preciso adiantar os relatórios da FAZ, aprimorar a nova proposta da monografia, desarrumar de novo a mala pra arrumar de novo mais tarde.

6 comentários:

doris disse...

Minha querida,o que de mais importante vem nessa viagem,o que nos alegra,nos conforta,até mesmo nos une na ansiedade de querer o melhor,és tu.Eu gostei de cara da Ruth que eu conheci a 18 anos atraz,e esta de agora é uma Ruth melhorada,mais são melhoras que viriam com a vida,elas so foram antecipadas,tiveram o caminho encurtado de um modo doloroso,mais ta passando,ta passando.Estamos a tua espera,Ruy,Ana Julia e eu.Já nos acertamos que assim que precisares estarei contigo,a qualquer hora,aonde for,pelo tempo que te parecer necessário.Então Boa Viagem e até logo,beijo.

RENATA disse...

Boa viagem minha querida que deus esteja com vc...bjs!!!

Katia Pichelli disse...

Ruth linda!!!!
em qquer canto desse Brasilzão, milhares de pensamentos positivos para vc!!!
Tenho certeza que vai dar tudo certo!!!!!!!!!!

super beijo!!
Katia

Raquel disse...

Ruth,.....

Estou aqui em Sampa, esperando notícias...aquele almoço sai ou não sai?...rs... Me manda seu tel por mail.

Beijossss
Te cuida...estou aqui torcendo muitooooo por vc !!!!

Raquel
( Comunidade Contra o Cancer de Mama)

Ilmarina disse...

Ruth
Fiquei sabendo hoje quando lia a coluna do Elias Pinto. Como assim tão rápido? Um dia desses falei com Manuel e ele não me falou nada. Mas aí pensei, estou longe de Belém desde fevereiro, as coisas acontecendo em minha cidade com meus amigos e eu alheia a tudo isso.
Li também, claro, que você está vindo pra Campinas. Pois é, coincidência não? Também estou em Campinas, pelo doutorado sim, mas aqui em Campinas.
A primeira coisa que me passou pela cabeça foi: tenho que encontrar com a Ruth, tenho que dizer pra ela que estou aqui e que ela pode contar comigo. Que a gente pode conversar, que a gente pode sair e que posso acompanhá-la quando for preciso. Estou aqui Ruth e pode contar comigo.
beijo
ilma

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,